Rankings Internacionais de Instituições de Ensino Superior

Os rankings das instituições de ensino superior são listas de universidades numa ordem que representa a sua posição em cada uma delas. Existem vários rankings internacionais que utilizam diferentes critérios, alguns deles desenvolvem classificações por áreas de conhecimento e/ou por outras categorias tais como sustentabilidade.

Também denominado  Ranking de Shanghai, analisa  anualmente mais de 2.000 universidades de todo o mundo, e as 1.000 melhores são publicadas. Criado em 2003 pelo  Center for World-Class Universities of Shanghai Jiao Tong University  na China e, desde 2009, publicado cada ano pela Shanghai Ranking Consultancy. O ARWU utiliza seis indicadores na sua classificação de universidades :  alumni com Prémios Nobel ou Medalhas Fields ; staff com Prémios Nobel ou Medalhas Fields número de investigadores altamente citados seleccionados pela Clarivate; artigos publicados nas revistas Nature and Science; número de artigos indexados no Science Citation Index – Expanded e no Social Sciences Citation Index; e, o rendimento académico per capita da universidade.  O Global Ranking of Academic Subjects (GRAS)  Desde 2009 o ARWU publica rankings universitários por disciplinas acadêmicas. Em 2017 introduz o  GRAS, uma metodologia melhorada  O GRAS 2021 contém rankings de universidades em 54 disciplinas em Ciências Naturais, Engenharia, Ciências da Vida, Ciências Médicas e Ciências Sociais.

O ranking é publicado anualmente desde 2004 pela empresa QS Quacquarelli Symonds.  O QS World University Rankings 2023 apresenta mais de 1.500 universidades de todo o mundo, considerado o maior ranking universitário até ao momento. As instituições são avaliadas em 8 categorias (ou indicadores): reputação académica, reputação do empregador, ratio entre o corpo docente e os alunos,  citações por professor, ratio de estudantes internacionais, ratio de professores internacionais, rede internacional de investigação e resultados de emprego. O QS World University Rankings by Subject (https://www.topuniversities .com/subject-rankings/2022)  e editado anualmente e cobre 51 áreas disciplinares, agrupadas em cinco grandes temáticas: Artes e Humanidades, Engenharia e Tecnologia, Ciências da Vida e Medicina, Ciências Naturais, Ciências Sociais e Gestão.
Para alem de este QS Rankings by Subject, edita otras classificações entre elas, o QS Sustainability Rankings, QS Best Student Cities ou o QS University Rankings by Region. Edita igualmente o SDG(UN Sustainability Development Goals) Ratings.

O ranking nace no ano 2004 e é publicado por Times Higher Education(THE), na atualidade em parceria com o grupo editorial Elsevier. O Times Higher Education World University Rankings 2023 inclui 1.799 universidades em 104 países e regiões.

O ranking é baseado em 13 indicadores de desempenho para fornecer as comparações mais abrangentes e equilibradas, nas áreas de: ensino, investigação, citações,  ingresos da industria, e perspetiva internacional. Publica  ademais do THE Global Ranking, o Ranking by Subject que inclui 11 disciplinas, entre elas Art&Humanities e Social Science, o Regional Ranking, o Teaching Ranking e o The Times Higher Education Impact Rankings que avalia as universidades em relação aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas.Development Goals (SDGs).